Conheça o The Game Awards, o “Oscar dos games”

Evento premia os destaques do ano e também divulga trailers e lançamentos
Imagem do troféu do The Game Awards
07/12/2022
POR
Otavio Cintra
COMPARTILHE:

O que você vai ver neste artigo:

Assim como a música e o cinema, os jogos também têm seus eventos de premiações no ano. E o The Game Awards é um deles.

Falar que ele é a cerimônia mais importante para a indústria seria leviano da nossa parte. Mas certamente é um dos mais famosos da comunidade, não à toa recebeu o apelido de “Oscar dos games”.

Se você quer entender mais sobre o que é o evento, como os jogos são indicados e quais são as categorias participantes, continua com a gente por aqui!

O que é o The Game Awards

O TGA é um evento que premia jogos em diversas categorias, incluindo aquele que é considerado o “jogo do ano”. 

A primeira edição do The Game Awards aconteceu há pouco tempo, em 2014. Mas o sucesso e a popularidade logo apelidaram ele de “Oscar dos games” – em referência a uma das mais importantes cerimônias do cinema, o Oscar. 

Com esse status alcançado, hoje o evento não se limita a apenas premiar games. Apresentações musicais e divulgação de trailers e lançamentos de jogos fazem parte do espetáculo, melhorando a experiência do espectador e atraindo mais audiência.

O evento presencial conta com a presença de convidados, imprensa e público. Também há transmissão online ao vivo . Imagem: Reprodução YouTube/thegameawards

Como os jogos são indicados?

O The Game Awards escolhe um júri internacional entre veículos e influenciadores. Para se ter ideia do tamanho desse júri, em 2022, foram 103 votantes, sendo 9 deles brasileiros: Jovem Nerd, Tecnoblog, The Enemy, Canaltech, Voxel, Combo Infinito, Techtudo, Tecmasters e Terra Game On.

Cada participante recebe uma cédula com as categorias e precisa indicar os cinco principais nomes de cada uma. No final do prazo, todas as nomeações são reunidas e pontuadas. As cinco melhores classificadas são as indicadas ao prêmio. Caso haja empate, havendo seis ou mais nomes, todos eles concorrem. 

Como os vencedores são escolhidos?

A votação que define os vencedores é dividida entre júri e fãs, sendo que o peso do primeiro grupo é de 90%, enquanto o voto popular é de 10%.

The Last of Us Part II é até hoje o game mais premiado no TGA, com sete conquistas. Imagem: Divulgação

Categorias da premiação

Atualmente, são mais de 30 categorias, sendo cinco delas voltadas para o cenário de e-sports e uma para criador de conteúdo. Confira todas abaixo, com uma breve explicação de cada:

Jogo do ano: jogo mais completo, levando em consideração aspectos criativos e técnicos.

Melhor direção: jogo que melhor une criatividade, inovação e design.

Melhor narrativa: jogo que melhor contou a história.

Melhor direção de arte: jogo que se destacou no visual, levando em consideração gráficos, animações e demais aspectos artísticos.

Melhor trilha sonora: jogo que melhor combinou boas músicas com o contexto do game.

Melhor design de som: jogo com melhores áudios e efeitos sonoros, como falas, barulhos de ambientes, de tiros, etc.

Melhor performance de atuação: pessoa que melhor captou movimento ou deu voz a um personagem.

Jogos com impacto: jogo que melhor entregou uma reflexão ou mensagem social positiva.

Melhor jogo continuado: jogo que melhor se desenvolveu, adicionou recursos e evoluiu a experiência do jogador com o tempo.

Melhor jogo independente: jogo indie mais completo, levando em consideração aspectos criativos e técnicos.

Melhor jogo mobile: jogo mobile mais completo, levando em consideração aspectos criativos e técnicos.

Melhor suporte de comunidade: jogo que melhor respondeu à comunidade, ouvindo os players e tomando decisões.

Inovação em acessibilidade: jogo que adicionou recursos e/ou tecnologias para ajudar mais fãs a experienciar o  game.

Melhor jogo em realidade virtual ou aumentada: jogo de VR ou RA mais completo, levando em consideração aspectos criativos e técnicos.

Melhor jogo de ação: melhor jogo que tem o combate como principal dinâmica.

Melhor jogo de ação e aventura: melhor jogo que tem combate e puzzles.

Melhor RPG: melhor jogo que seja fundamentalmente um RPG, com sistemas de progressão e outras características do gênero.

Melhor jogo de luta: melhor jogo em que os personagens brigam entre si.

Melhor jogo para a família: melhor jogo para jogar com um grupo de pessoas – que joga videogames casualmente.

Melhor jogo de simulação e estratégia: melhor jogo que simula alguma coisa e/ou melhor jogo de combate em tempo real.

Melhores jogos de esporte e corrida: melhor jogo com gameplay ligada a um esporte e/ou corrida.

Melhor jogo multiplayer: jogo com o multiplayer mais completo, levando em consideração aspectos criativos e técnicos.

Criador de conteúdo do ano: personalidade que mais impactou positivamente a comunidade com seus conteúdos relacionados a games.

Melhor jogo indie de estreia: jogo indie mais completo de um estúdio que lançou seu primeiro jogo.

Melhor adaptação: aquilo que adaptou a versão de videogame para outro produto, como filme, série ou história em quadrinhos, por exemplo.

Jogo mais esperado: jogo que mais proporciona “hype” da comunidade para seu lançamento. Os games que concorrem são os que ainda vão ser lançados.

Melhor jogo de e-sports: jogo de e-sports mais completo, levando em consideração aspectos criativos, técnicos, realização de eventos, atendimento à comunidade e novos conteúdos in-game.

Melhor atleta de e-sports: jogador que mais se destacou no cenário competitivo, levando em consideração seus desempenhos e suas atitudes.

Melhor time de e-sports: equipe que mais se destacou no cenário competitivo, levando em consideração seus desempenhos e suas atitudes.

Melhor treinador de e-sports: técnico que mais se destacou no cenário competitivo, levando em consideração seu desempenho e conduta.

Melhor evento de e-sports: evento que mais se destacou no cenário competitivo, levando em consideração o impacto que ele teve para a comunidade e fora dela, além da experiência do público e dos jogadores.

Games vencedores de Jogo do Ano

2014: Dragon Age: Inquisition
2015: The Witcher 3: Wild Hunt
2016: Overwatch
2017: The Legend of Zelda: Breath of the Wild
2018: God of War
2019: Sekiro: Shadows Die Twice
2020: The Last of Us Part II
2021: It Takes Two

Para conhecer dados sobre hábitos e atividades dos gamers brasileiros, leia o relatório da Pesquisa Game Brasil 2022.

Siga nossas redes sociais:
Linkedin: gogamers.gg
Instagram: @gogamersgg
Facebook: gogamersgg

POSTS RELACIONADOS