O que são jogos FPS? Conheça suas características e principais franquias atuais

Gênero se tornou um dos principais estilos de jogos do mundo, com diversas franquias de sucesso e milhões de vendas
04/07/2022
POR
Carlos Silva
COMPARTILHE:

O que você vai ver neste artigo:

FPS é um dos gêneros mais conhecidos e lucrativos do mundo dos games. Mas pouca gente sabe que o primeiro título do estilo é Maze War, de 1973. Sim, nessa época já tinha um jogo nesse estilo. 

Posteriormente, o FPS ganhou fama a partir de dois games da década de 1990: Wolfestein 3D e Doom, ambos desenvolvidos pela iD Software.

Mas afinal, quais são as características desses jogos, tão populares hoje em dia? Leia o artigo para entender melhor sobre esse estilo, conhecer suas características e principais jogos e torneios atualmente.

O que são jogos FPS?

First Person Shooter (Tiro em Primeira Pessoa, em português) é um estilo de jogo, assim como RPG, RTS, MOBA e outros. Como o próprio nome do gênero entrega, esses games são jogados sob a visão do personagem, trazendo mais imersão ao player.

Características do FPS

O FPS tem duas características principais: a câmera ser a visão do personagem (referente ao FP do termo) e ser um game de tiro ou combate corpo a corpo (relacionado ao S).

Com a visão em primeira pessoa, o jogador se sente dentro daquele mundo, tem uma ampla visão do cenário e pode enxergar detalhes com mais facilidade. Nesses jogos, é comum enxergarmos uma arma empunhada e raramente vemos o rosto do personagem – que pode aparecer em cutscene ou em superfícies que refletem a imagem dele.

Além disso, para ser um FPS, o jogo precisa ser um Shooter, precisa ter armas de fogo ou combate corpo a corpo. Call of Duty e Battlefield, por exemplo, são jogos de guerras com armas de fogo; já Overwatch é um game com armas de fogo e combate corpo a corpo.

Portanto, para ficar claro, simuladores de corrida que levam o jogador para dentro do carro não são considerados FPS, por exemplo, pois não há tiros nem lutas. 

Lançado em 1992, Wolfenstein 3D foi o primeiro FPS a se popularizar. Imagem: Divulgação

Atenção: First Person Shooter é diferente de Frames per Second

A sigla FPS é a mesma, mas o significado é diferente para os dois termos. Existe o First Person Shooter, que, como explicamos acima, é um gênero de jogo. 

Mas também há o Frames per Second (Quadros por Segundo, em português), que é um termo técnico relacionado à fluidez das imagens dos games.

Resumindo brevemente o que é Frames per Second: 1 frame é como se fosse uma imagem estática, uma foto. Então, imagina que em um jogo, há milhões de frames. Quanto mais frames rodarem em menos tempo, mais fluido é o jogo. 

Portanto, quando vemos que um jogo roda em 120 FPS, que dizer que a cada segundo há 120 frames, 120 fotos. Se o mesmo game também rodar em 60 FPS, os gráficos dele nessa versão serão mais travados, porque haverá menos imagens pra mostrar em 1 segundo.  

As 10 principais franquias de FPS atualmente

Presente desde os anos 1990 e com um alto volume de jogos, o FPS já emplacou vários games e franquias históricas. Medal of Honor, Wolfenstein 3D, GoldenEye 007 são alguns desses exemplos. 

Mas vamos conhecer agora 10 franquias de FPS que andam fazendo bastante barulho nos últimos anos.

Counter-Strike

Lançada em 1999 e sucesso até hoje, o Counter-Strike é uma das franquias de FPS mais famosas do mundo. Com 4 jogos e alguns spin-offs, os games são focados nas partidas multiplayer entre os times de policiais versus terroristas.

De acordo com o site Steam Charts, em fevereiro de 2022, o Counter Strike: Global Offensive, jogo mais recente da franquia, atingiu a marca de 995.163 players simultâneos.

Popularmente conhecido como CS, a franquia tem a Valve Corporation como desenvolvedora e distribuidora.

CS é um dos primeiros jogos FPS a fazer sucesso com multiplayer. Imagem: Divulgação

Call of Duty

Dentre jogos da série principal e títulos exclusivos, mais de 30 games Call of Duty já foram lançados. Com modos campanha e multiplayer nos títulos mais recentes, a franquia da Activision retrata tanto as Guerras mundiais quanto as guerras modernas. 

Em 2021, o COD atingiu mais de 400 milhões de unidades vendidas, segundo a própria desenvolvedora. A obra de mais sucesso foi Call of Duty: Modern Warfare, com 30 milhões de cópias.

Apesar de gratuito, Call of Duty: Mobile já faturou mais de 1 bilhão de dólares com microtransações. Imagem: Divulgação

Battlefield

Se falamos em Call of Duty, não tem como deixar de fora o concorrente Battlefield. Assim como o COD, os jogos da franquia BF também se passam ora nas guerras atuais, ora nas guerras do século passado.

Sob desenvolvimento da DICE e publicado pela renomada Eletronic Arts, Battlefield já lançou 16 títulos. 

Battlefield é conhecido por ter mapas imensos e travar guerras frenéticas inclusive com utilização de veículos. Imagem: Divulgação

Valorant

Franquia mais nova dessa lista, Valorant foi lançado em 2020. Exclusivo para PC, a obra da Riot Games é gratuita e com foco no multiplayer. No jogo, os players duelam uma equipe contra a outra e controlam personagens com habilidades únicas.

Conforme site Active Player, em 2021, Valorant teve uma média de 900.000 players por dia, aproximadamente.

Modo de plantar e desativar bombas faz sucesso em muitos games, como Valorant. Imagem: Divulgação

Rainbow Six Siege

Franquia assinada pelo romancista Tom Clancy, Rainbow Six é um FPS que prioriza o realismo e, principalmente, o trabalho em equipe. Tanto é que a maioria dos seus 9 jogos contam com campanha offline, onde você controla um personagem e pode dar ordens aos outros para criar táticas de ataque. 

O último game da série, Rainbow Six: Siege, é voltado totalmente para o online. Mas engana-se quem pensa que não faz sucesso. Em 2021, a página Gamerant ranqueou os games mais vendidos da Ubisoft. E, coincidentemente, R6 está em sexto, então com 10 milhões de cópias vendidas.

Os personagens do jogo são de diversos países e unidades policiais ou militares. Há, por exemplo, dois operadores do BOPE. Imagem: Divulgação

Halo

A princípio lançado como um game exclusivo dos consoles Xbox, o sucesso de Halo fez a publicadora Xbox Games Studios expandir a franquia para os PCs também. E o sucesso acompanhou junto. 

Diferente dos games já mencionados na lista, Halo trava uma batalha interestelar entre humanos e alienígenas. A série conta com 10 jogos entre trilogia original, nova saga e spin-offs. 

Em novembro de 2021, antes de lançar o mais recente jogo, Halo já havia vendido um total de 80 milhões de unidades, segundo o site Overplay.

A franquia também tem livros, HQs e live-actions, como a série produzida pelo Showtime e 343 Industries. Imagem: Divulgação

Destiny

Seguindo a linha futurista e de guerras espaciais, Destiny é outro game relativamente recente desta lista. Lançado em 2014, a franquia da Activision conta com apenas dois jogos, mas diversas expansões já foram produzidas para ambos.

Em 2019, a série havia vendido 50 milhões de jogos, de acordo com a desenvolvedora Bungie. As DLCs do game também são populares: a pré-venda da expansão mais recente superou 1 milhão de unidades vendidas. 

Um dos destaques do game são as missões cooperativas. Imagem: Divulgação

Overwatch

Lançado em 2016, Overwatch fez tanto sucesso e foi tão aclamado pelos players e pela mídia que conquistou o prêmio de jogo do ano.

Voltado para o multiplayer, o game da Blizzard proporciona duelos entre dois times. Diferente de outros FPS, os modos que fazem sucesso no jogo são de controlar pontos específicos no mapa e levar uma carga até um local (ou evitar que chegue lá).

Mesmo lançado na metade da década passada, Overwatch ainda conta com aproximadamente 550.000 players diários, segundo a página Active player.

Em Overwatch, cada personagem tem armas e habilidades únicas. Imagem: Divulgação

Doom

Franquia mais antiga dessa lista, Doom nasceu em 1993, já lançou 15 jogos e conquista fãs até hoje com seu FPS de humanos versus demônios. 

Desenvolvido pela id Software e, atualmente, publicado pela Bethesda, o último game Doom Eternal foi lançado em 2020. Nos dias seguintes do mesmo mês de estreia, o jogo já tinha somado 3 milhões de unidades vendidas, segundo o site Happy Gamer.

O primeiro Doom chegou aos games em 1992 e virou referência no gênero FPS. Imagem: Divulgação

Far Cry

Apesar dos jogos mais recentes contar com multiplayer, é na campanha que Far Cry construiu seu sucesso. A peculiaridade do game está em, a cada edição, colocar o jogador em cenário e contexto incomuns. Ou seja, em um game você está no Himalaia, no outro aterrissa no Caribe, por exemplo.

Em 2020, a Ubisoft divulgou uma lista de jogos da geração passada que ultrapassaram 10 milhões de copias vendidas. Entre eles, estão Far Cry 4 e 5.

Cenários diferenciados e vilões carismáticos sempre chamam a atenção para os títulos da franquia. Imagem: Divulgação

3 grandes campeonatos de jogos FPS

Se o FPS é um gênero de game que faz bastante sucesso, os torneios destes jogos não seriam diferentes. Vamos conhecer 3 torneios que estão entre os maiores tanto do FPS quanto de todo o e-sports.

CS:GO Major

Counter-Strike é um jogo que tem seus campeonatos descentralizados. O que isso quer dizer? Que existem diversos torneios diferentes, com formatos, regras premiações particulares de cada um. Alguns deles são: ESL One, DreamHack Masters e Esports Championship Series, por exemplo. 

Mas aqui, escolhemos destacar o Major, que é uma espécie de mundial de CS:GO. Ou seja, é um dos campeonatos mais importantes do jogo na temporada, com grandes equipes e jogadores.

Organizado pela Valve, o evento acontece duas vezes por ano, reúne 24 times e oferece uma premiação total de 1 milhão de dólares. O Brasil já venceu o Major duas vezes, ambas em 2016.

Cenário competitivo de CS é um dos maiores do mundo, atraindo cada vez mais fãs e marcas. Imagem: Divulgação

Six Invitational

Principal torneio de Rainbow Six, o campeonato reúne 20 times dos quatro cantos do mundo e oferece uma premiação total de 3 milhões de dólares.

Em 2022, o Brasil emplacou todas as equipes da região LATAM, tendo a Ninjas in Pyjamas, com a melhor colocação, 3º colocado.

Em 2021, a final do campeonato foi brasileira, com o Ninjas in Pyjamas vencendo a Team Liquid. Imagem: Divulgação

Valorant Champions

Esse é o campeonato mundial do jogo da Riot Games. Com a presença de 16 equipes, o torneio distribui premiação de 1 milhão de dólares aos participantes.

Na edição de 2021, o Brasil contou com 3 equipes, mas nenhuma avançou além da fase de grupos. Porém, o país foi o que mais teve pro-players na competição, com 13 dos 80 participantes.

Equipe Acend bateu o time Gambit e conquistou a edição 2021 do Valorant Champions. Foto: Michal Konkol/Riot Games

Para conhecer dados sobre hábitos e atividades dos gamers, leia o relatório da 8ª edição da Pesquisa Game Brasil.

Siga nossas redes sociais:
Linkedin: gogamers.gg
Instagram: @gogamersgg
Facebook: gogamersgg

POSTS RELACIONADOS